Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!

Autores nos tópicos

Dom 2 Jul 2017 - 20:55 por Ártemis

Autores nos tópicos

Recentemente adicionei em todos as postagens do tópico de Tutoriais e Guias bem como
o tópico da Biblioteca o nome de quem fez, quem ajudou a fazer, quem editou (boa parte do conteúdo), e quem ajudou com a ideia.

Assim temos uma visão mais clara de pessoas que, apesar de a maioria não saber, ajudaram com o crescimento e evolução do fórum.

Lembrando que todo o conteúdo criado para o fórum é de autoria do mesmo. Todo "direito autoral" que estabelecemos aqui é de Rick Riordan, o criador das séries Percy Jackson e Os Heróis do Olimpo.


Comentários: 0

EVENTO DOUBLE ALEGRIA DE FÉRIAS

Ter 27 Jun 2017 - 14:28 por Selene

Evento Double Alegria de férias



Evento válido do dia 01/07/2017 até 15/07/2017


Férias de Julho chegando e nada melhor do que um evento double pra levantar os ânimos do fórum. Chamem seus amigos e desfrutem do evento
DOUBLE ITENS, EXP e DRACMAS





Comentários: 1

Problemas com as contas Olimpianas

Dom 8 Jan 2017 - 13:29 por Quíron

Olá Olimpianos.

Depois de um backup feito no fórum os direitos de administrador de todos os olimpianos foram retirados automaticamente pela Forumeiros. A princípio é para esse erro já ter sido corrigido, se algum Olimpiano ainda estiver com problemas mande mp ou fale comigo no Facebook: https://www.facebook.com/paulohenrique.morais.9

Desculpe o transtorno, Quiron.


Comentários: 0

Vagas de Deuses Menores!

Sab 17 Dez 2016 - 21:20 por Poseidon


Temos vagas!


Final do ano, férias escolares, fórum ativo. Sabem o que isso significa? Sim, estamos precisando de narradores! Sempre quis narrar para seus amiguinhos mas nunca soube como? Pois bem! Siga os passos a seguir e junte-se à equipe!

Perguntas:


Qualquer um pode ser Deus menor?

Sim, mas devem seguir alguns critérios:
1. Estar no fórum a mais de 1 semana
2. Ter noção de narração e combate
3. Saber tudo que tem no Tutorial de combates, rodadas e turnos


Como eu faço para ser Deus?

Mante um MP (Mensagem Privada) para mim, Poseidon, e eu negociarei os cargos com quem estiver interessado.


Mas eu quero ser Olimpiano, como faz?

Primeiramente, todos deveram começar …


Comentários: 0


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 3]

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖


O dia estava estranho desde que Emily acordara. Não era mais que duas horas da madrugada quando ela acordou com um barulho estranho. Seu irmão, Will, falava com uma nuvem em forma de espelho, ao lado da torneira que gotejava no chalé. Um presente do seu pai para mensagens de Íris serem mandadas, aparentemente aquela era uma delas. O garoto parecia com raiva, falando seguindo movimentos brutos, como se desejasse socar a parede.

- Se eu souber que você andou levando meus irmãos, por Poseidon, eu irei atrás de você - Disse ele com uma voz sofrida, como se já estivesse sentindo a falta de seus companheiros de chalé. A imagem tremeluziu, como se Íris estivesse tendo dificuldades em manter o contato entre o conselheiro e quem quer que estivesse do outro lado. Uma mão saiu do espelho, surgindo no chalé e batendo no rosto pálido do garoto o fazendo cair. Emily levantou-se pegando o tridente embaixo do seu beliche e sentiu sua perna arder, um brilho azul começava a cobri-la, subindo dos pés até a cabeça. Engolindo-a. Ela sentia o ar do seus pulmões serem sugados e em um piscar de olhos, lá estava ela na arena. Com seus equipamentos cobrindo o corpo e sua mochila ao seu lado(decida se está vazia ou não). Mais a frente seu irmão mais novo estava acorrentado com uma corda dourada, confundível com um chicote. O dia estava levemente nublado para o inverno, talvez tivessem limpado a arena, afinal estava livre de qualquer vestígio de neve. Tochas iluminavam o local junto a luz do luar. Dionísio deveria querer que chovesse naquela madrugada, pois uma tempestade se aproximava.

Na outra ponta da arena, ao sul, um troll brandia seu machado gigante, cortando o ar em diagonais. Mostrando que teria maestria com a arma. Portava uma armadura negra, e sua pele era de um verde doentio. Seu sorriso amarelo surgiu quando parou seus olhos na garota, soltando um grito de prazer, como se tivesse avistado seu jantar. Ele então começou a avançar, tão rápido como um touro. Chegaria na garota em poucos segundos.

Spoiler:

Ignorar detalhes em azul


ϟ Gustav Lorenzo ϟ | ✖ MvP Comum ✖



Gustav acordara com um som de um raio. Levantando-se de supetão. Seus equipamentos cobriam o corpo, resultado do seu treinamento na noite anterior. Ele havia chegado exausto do coliseu, o que o fez desabar na cama e dormir. O semideus levantou-se do seu beliche, andando a passos leves pela arena, curioso para saber o que fora o motivo do barulho. Tentava não acordar ninguém ali, não achava que devesse. Algo o chamava ali fora, talvez fosse somente o clima do acampamento mudando, ou talvez alguém realmente teria chamado a atenção do garoto. Afinal, só ele acordara. Fora da coorte, no gramado do acampamento, a noite triunfava, em um céu estrelado e com as nuvens negras passando, imperceptíveis na negritude do céu. Um pouco distante do garoto, o solo estava chamuscado, com marcas negras no solo. Decididamente fora ali que o raio caíra.  Um círculo se abriu magicamente, quando o garoto ousou dar um passo a frente, de uma cor azul brilhosa, faíscas dançavam dentro da figura. Como se ele fosse elétrico. Tudo estava um pouco confuso. Os instintos do garoto gritaram, deixando-o alerta até que ele percebeu o que era aquilo. Um portal. Gustav voltou um passo e viu que algo subiu, como se tivesse pego um elevador e acabasse chegando no acampamento. Um monstro de pelagem cinza. Gigante.

Tinha a mesma altura do garoto. Suas patas tinham garras grandes, cada uma do tamanho da mão do romano. O monstro rosnou levantando a cabeça e uivando para a lua. Atrás dele, o filho de Júpiter pôde ver uma garota acorrentada, uma conhecida. Era um membro da legião, tinha a visto em algum lugar por aqui enquanto fazia suas tarefas matinais. Uma gota de sangue escorria de sua testa, como se fosse ferida recentemente. Ela precisava de ajuda. Gustav e o Lobo prepararam-se para a batalha, sabendo que um não poderia prosseguir enquanto o outro estivesse no caminho. O animal estava à 10 metros do meio-sangue, preparando-se para uma corrida, encarando o legionário com seus olhos vermelhos pulsantes.

Lobo:



Gustav Lorenzo
Vida:124/124
Energia:118/118

Emily Monteiro:
Vida:132/132
Energia:124/124



Panic is good, right?— Deimos

#1

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
Eu sabia que não deveria fazer aquilo, mas saí de dentro da primeira coorte no meio da madrugada, sem autorização do centurião ou avisar a quem quer que fosse. Não sei como explicar. Era como se uma força poderosa me disesse para ir até a arena.

O raio que me acordou pareceu diferente. Normalmente esse é um som animador para um filho de Jupiter como eu, mas aquele me trouxe uma sensação de temor, como se algo ruim estivesse acontecendo ou prestes a acontecer. Eu já estava com os equipamentos e mochila devidamente organizados. O último dia de treinos havia me rendido uma fadiga que havia sumido depois que eu deitei e adormeci automaticamente em minha cama. Não faço ideia de quanto tempo dormi, mas me sinto revigorado.

A forma como cheguei à arena era peculiar. Não foi pelos portões, e sim por um portal. O lugar estava esquisito. Eu sinto arrepios ao ver aquele espaço encoberto por uma escuridão que parecia ir além do simples céu noturno. Duas figuras se manifestam em minha frente, uma mais aterrorizante que a outra.

Um lobo gigante que deveria ter minha estatura estava ali, me encarando, ao passo que a figura de uma pessoa, uma legionária que eu conhecia de vista jazia aprisionada de forma horrenda numa das paredes do local. Eu queria salvá-la de imediato, mas meus instintos alarmaram perigo, não apenas pelo lobo. O motivo? Simples. Lobos realmente podem fazer um grande estrago com pessoas, mas nenhuma espécie é capaz de amarrar uma pessoa a uma parede. Isso é um absurdo mesmo para o mundo de semideuses. Me coloco alerta aos arredores, a procura de uma outra presença inimiga enquanto planejo como me livrar daquele animal.

Independente de meus sentidos serem capazes de achar mais alguém ali, assumirei que algo pior está vindo. Nada nessa noite estava normal, e um combate na arena era ainda menos propício a normalidade. Sem tirar a atenção do monstro, salto para o alto, abusando do poder de meu anel do trovão. Enquanto subo, estalo os dedos, deixando a criatura com [Dor de Cabeça], a fim de minimizar seus reflexos e aumentar as chances de um ataque efetivo.

Atiro uma de minhas esferas explosivas na direção do animal no exato momento em que eu perceber que este se encontra estonteado, usando Aerocinese no ar em minha volta para me empurrar para trás, enquanto distribuo o peso de meu corpo para que ele seja susceptível a ser arrastado. Minha ideia é pousar longe do range da explosão e observar melhor o que aconteceu com a legionária aprisionada. Porém, ficarei atento a qualquer coisa que possa aparecer e à possibilidade do monstro sobreviver a explosão, colocando meu [Escudo Aegis] à frente de meu corpo para me defender e quem sabe, intimidar a criatura com a imagem da medusa exposta na parte frontal do equipamento, caso ele sobrevia e avance, claro.


Equipamentos:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta
- Escudo Aegis
__________________
Acessórios:

- Anel do Trovão
- Ramo da Insanidade
- Esfera Explosiva[Pequena] (x5)
__________________
Mochila Comum:
- 2  Poção de Vida [Mitica]
- 3  Poção de Energia [Mitica]

Passivas a Considerar:


Júpiter

Nível 1 - Liderança: Os filhos de Zeus, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)


Nível 2 - Antigravidade: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus não se machuque tanto em quedas livres, além de permitir-lhe saltos maiores. (+7 CON)
Nível 11 - Antigravidade [Intermediário]: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus quase não se machuque em quedas livres, além de permitir-lhe saltos ainda maiores. (+8 CON)


Nível 3 - Perícia com Espadas [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com espadas. Permite que o Campista treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 FOR)

Nível 3 - Mestre do Clima [Inicial]: Os filhos de Zeus conseguem prever acontecimentos meteorológicos. Por exemplo, as chuvas e mudanças de temperatura.

Nível 4 - Respiração Aérea: Você poderá respirar normalmente em ar rarefeito.
Baco

Nível 3 - Perícia com Espadas [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com espadas. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 FOR)

Nível 4 – Agilidade [Inicial]: O herói tem facilidade de se esquivar de objetos, monstros ou outras coisas que vem em sua direção, ás vezes de golpes. (+5 AGI)

Habilidades Ativas:


Nível 3 - Aerocinese [Inicial]: O ar é, desde a divisão dos 3 grandes poderes, o território de Zeus. Seus filhos conseguem, então, manipular este elemento de acordo com sua vontade. Neste nível podem fazer pequenos feitos com o ar; correntes de ar, erguer objetos, pequenas agulhas de ar comprimido, etc. Consome 15 de Energia. 

Nível 4 - Dor de cabeça: Você pode deixar o alvo com dor de cabeça ou tontura, prejudicando seus reflexos (-10) e causando um efeito de pequeno aumento do dano sofrido por 3 rodadas. O uso desta habilidade requer 20 pontos de energia e entrará em espera durante 4 turnos.

Descrição de Itens:

Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.

#2

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Eu acordei com um som estranho no meio da madrugada. Will parecia nervoso e conversava baixo, porém em um tom nervoso, diferente do seu habitual gentil. Não sei se pela distância ou mesmo pelo cansaço, não consegui entender muito do que ele falava. Quando me dei como desperta, estava na arena, com a visão horrível de meu irmão acorrentado e inconsciente. Eu estava com meus equipamentos de alguma forma e pelos deuses, minha mochila continha meus acessórios.

Uma criatura se presta diante de mim e eu logo o associo como causador de tal atrocidade. Uma coisa era certa: Ele mexeu com a pessoa errada. Antes eu estivesse presa ali no lugar de Will. Mexer comigo era uma coisa, com meu irmão caçula, que apesar de novo e inexperiente é esforçado e cheio de responsabilidade era outra história.

Avanço rapida e friamente na direção da criatura., concentrando meu pensamento em uma das minhas 6 garravas de água que estavam situadas em minha calça. Controlo o líquido e faço com que um pequeno jato se forme quando eu estiver há 4 metros da criatura, mas não para jogar em cima dele, sem mais nem menos. Eu estava treinando minha [Hidrocinese] há algum tempo e de tanto usar esse truque, ele se tornou algo simples e habitual, além disso, meu poder sobre a água é melhorado quando estou na posse de meu [Tridente]

Converto o jato em 8 agulhas de água e as envio na direção de seus olhos. Não me interessa se ele está usando armadura ou não ou se ele vai defender, ignorar ou ser atingido. Aquilo seria apenas uma distração para meu ataque. Arremessaria a arma logo depois das agulhas chegarem, a fim de fazer suas 3 lâminas atingirem a região de sua cintura, que parecia estar coberta apenas com um protetor de couro, algo facilmente perfurável.

Independente do movimento dar certo ou errado, recuo mais alguns metros, cerca de 6 deles para observar como ele reagiria. Eu já sabia que estava sendo impetuosa demais, porém, não havia nada que eu pudesse fazer para me controlar, meu irmão estava ali correndo um sério risco, e eu não podia perder tempo com um monstro ou o que quer que seja.

Equipamentos:

Elmo Comum
Peitoral de Couro
Tridente
Adaga
__________________
Acessórios:

- Calça Leve com compartimento para 6 garrafas**
- Concha de Nautilus *
- Esfera Explosiva[Pequena](x3)
__________________
Mochila Comum:

- Poção de Cura[Heróico] (x3)
- Poção de Energia [Heróico] (x4)

Passiva a Considerar:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

Habilidades Ativas:


Nivel 1 - Hidrocinese I: O herói controla a água, não muito bem, mas pode controlar mesmo que seja pouco. Pode fazer pequenas agulhas com a água, por exemplo. O uso da habilidade requer 15 pontos de energia.

#3

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖


A garota avança, se aproximando da criatura e ao chegar a apenas alguns metros, faz a água de sua garrafinha se moldar em um pequeno jato, transformando-o em agulhas, controlando-os em direção aos olhos do animal, que fica confuso e tomba para frente, a garota só teve tempo de pular para o lado antes que o monstro a esmagasse, ele ainda batendo em seu corpo em pleno ar e fazendo a garota cair com força no chão, com o tridente ao seu lado(-5). Emily soltou um gemido de dor e se levantou, recuando alguns passos, vendo que o animal estava se erguendo novamente, um pouco tonto e abalado pela queda, que aparentemente fora mais danificado que a garota, por conta de sua velocidade.(-20). O irmão da garota permanecia inconsciente, ela podia correr para o lado e encontrá-lo, mas sabia que o troll não permitiria facilmente.
Spoiler:

Ignorar detalhes em azul


[center]ϟ Gustav Lorenzo  ϟ | ✖ MvP Comum ✖

O garoto após movimentos bem calculados finaliza seu oponente, se aproximando da garota e tentando libertá-la. Ele percebe que não conseguiria. Logo aplicando um forte golpe com a espada, vendo que era de um metal bem mais resistente, muito mais do que ele poderia lidar. Um papel estava preso abaixo do pescoço da garota, bem acima do volume de seus seios, apertados pelas correntes. O garoto se aproximou para ler.

Leve-me para o coliseu. PS: Não toque nos seios.

Gustav sentia que devia obedecer, por mais suspeito e estranho que fosse. Ele devia arranjar um jeito de levar a garota para lá.

Gustav Lorenzo
Vida:124/124
Energia:83/118

Emily Monteiro:
Vida:127/132
Energia:109/124

Troll:
Vida: 220/250



Panic is good, right?— Deimos

#4

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
Olho para o bilhete depois de ler e faço essa cara :fuckit:

Até parece que uma pessoa antes de ser acorrentada e colocada pra dormir deixaria um bilhete como esse em um ponto tão estratégico. Vou para o coliseu e ela que fique aí. Uma hora eu volto pra ajudá-la ou comunico a algum superior para fazê-lo.

Fico atento para eventuais adversidades que apareçam.

#5

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Talvez o movimento tenha sido um tanto mal calculado, eu precisaria de um pouco mais de distância se quisesse que o ataque fosse efetivo. Praguejo pela falha e culpo a preocupação diante de tal situação.

A criatura começa a levantar e eu não perco tempo. Pego meu tridente de volta e me afasto. Caso ele venha em minha direção, fico atenta ao seu machado de dois gumes, que é uma arma bastante perigosa. Na primeira oportunidade, tentaria estocar as pontas de minha arma em sua cintura.

Em todos os momentos fico atenta aos arredores e tento observar melhor do que poderia ser feita a prisão de Will, pois, depois de ver que a criatura é um tanto desastrada, passo a pensar que ele não é o meu verdadeiro inimigo. O motivo? Meu irmão não perderia para alguém como ele.


Passiva a Considerar:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

#6

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖

A garota se afasta do troll, desviando com um agachamento de um corte horizontal e dando um passo a frente, buscando um ângulo para um estocada acertando a cintura do monstro (-20) não fora tão profundo quanto gostaria, afinal a garota sabia que acabaria por perder a arma e nas circunstâncias atuais não seria uma opção. As correntes que prendiam o conselheiro pareciam ser feitas de ferro estígio, o que começou a preocupar a garota. O material parecia danificar o garoto a cada minuto que passava em contato com ele, ele grunhia e gemia, mesmo sem abrir os olhos. Will tinha pouco tempo de vida e só a garota poderia salvá-lo. O troll se preparava para avançar, agora cortando o ar com fúria em golpes diagonais. A garota tentava se afastar, saindo do alcance da arma. Logo ele alcançaria ela, ela poderia correr, tentar um avanço. Ou improvisar uma estratégia.

Spoiler:

Ignorar detalhes em azul


ϟ Gustav Lorenzo  ϟ | ✖ MvP Comum ✖
O garoto deixando a garota ali, começa a dar passos em direção a arena. Ela estava aparentemente segura, mas quem tivesse entregue a mensagem, queria ela no coliseu. Gustav já esperava por uma armadilha, e estava determinado a descobrir quem estava por trás disso. Um grito vem de trás dele, uma voz feminina. Ele se virou com sua arma em mãos, atento.
- SOCORRO - Gritou ela balançando a cabeça para os lados - ELE TENTOU ME MATAR - Berrou clamando por ajuda. Gustav tentou se aproximar e fazer ela parar mas logo o lugar estava cheio de legionários, ao oeste do garoto. As pessoas saíram das coortes, olhando para o filho de Júpiter com raiva no olhar. Ele ficou confuso, a voz da garota mexia com ele, como se fosse magia. Deixando sua mente em caos. O neto de Baco então começou a correr em direção ao sul, afastando-se da multidão. Indo em direção ao pequeno tibre, atrás dele. Semideuses romanos gritavam, lançando feitiços e bolas de fogo. Variadas habilidades em sua direção, a gritaria dos filhos de Marte e dos demais impedia alguns mais poderosos de utilizar seu charme, graças aos deuses. O gramado era extenso, mas em algum tempo de caminhada ele avistou seu destino, o garoto poderia optar por entrar na água ou subir na ponte. Flechas passavam centímetros atrás do pé do semideus, ele estava ofegante. Os demais ainda estavam metros atrás dele mas ainda determinados a pará-lo.

Gustav Lorenzo
Vida:124/124
Energia:83/118

Emily Monteiro:
Vida:127/132
Energia:109/124

Troll:
Vida: 200/250



Panic is good, right?— Deimos

#7

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
Depois de algum tempo correndo desse bando de bocós eu paro e penso: Nossa, eu sou outro bocó. A vadia presa provavelmente era serva de Discórdia, o que me faria tirar satisfações com ela... Mais tarde. Antes preciso acalmar esse pessoal antes que destruam o acampamento inteiro.

Utilizo o poder de meu anel do Trovão para carregar um [Lighting Bolt] em meu escudo Aegis. Atiro poderoso raio em direção aos céus com dois objetivos:

1. Dar um oi pro meu pai;
2. Usar o poder que representa o símbolo da [Liderança] do Olimpo pra conter o caos gerado por aquela menina, que deve estar mais fraco agora que nos afastamos dela.

- VAMOS FAZER SILÊNCIO, BANDO DE SATANAZES! - Berro no tom dos verdadeiros gritos de guerra do acampamento, utilizando-me do charme, autoritarismo e carisma herdados de meu pai e avô.

Legionários! Fomos alvo de um ataque vindo de uma serva de Discórdia, aquela puta dos infernos que se encontra presa. Um truque sujo e premeditado que precisa ser punido. Mas antes de levá-la ao senado, temos problemas maiores. Alguma coisa se manifestou no coliseu. Neste momento estou me dirigindo em busca da resolução de tal acontecimento. Portanto, peço que se dirijam até as suas respectivas coortes e peguem seus equipamentos. Uma guerra pode acontecer.

(Nota mental: Algo me diz que o Jack Frost vai me matar quando souber disso)

Espero realmente que a ideia funcione e eu possa seguir meu rumo em paz. Juro que vou dar um soco naquela vagabunda.

Passivas a Considerar:

Nível 1 - Liderança: Os filhos de Júpiter, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)


Habilidade Ativa:

Nível 3 - Lightning Bolt [Inicial]: O Campista deverá erguer sua arma aos céus, um raio cairá sobre ele e assim ele deverá apontar a arma para um local ou criatura, o relâmpago que acabou de atingi-lo atingirá o alvo, neste nível essa Habilidade só pode ser usada em meio a tempestades. O uso desta Habilidade requer 25 pontos de energia.

Descrição de Item utilizado:

Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.

#8

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Sinto que meu coração vai sair pela boca quando vejo que aquelas coisas podem ser... Ferro estige! Quanto maior o tempo que uma pessoa tem contato com aquilo, maior a chance de ela morrer. Aquele metal tem o poder de ferir almas e sugar a vitalidade de qualquer um que não seja filho de Hades ou ceifador de Tânatos. Will estava em perigo.

Eu não tinha mais tempo. Aquela criatura, por mais forte que fosse, estava em meu caminho e euu teria de passar por ela logo. Pelos deuses, fui capaz de acertar sua cintura. Mesmo que sendo um golpe leve, faria com que ele sentisse dor caso tentasse se mover com agilidade, e era isso que eu precisava.

"Você devia levar umas esferas explosivas pra arena. Elas são meio brutas, mas ajudam muito quando se está em uma situação de pressa ou desespero"

O filho de Apolo que me disse isso parecia ter previsto tal situação. Felizmente segui seu conselho e trouxe algumas dessas coisas comigo. Saco uma delas e atiro imediatamente contra a criatura, jogando-me para trás para fugir do impacto da explosão.

Caso funcionasse, a criatura sofreria danos relevantes, isso se não fosse destruída. Agradeceria ao Stark mais tarde pela dica, agora precisava saber como proceder, se ainda teria de lutar ou pensar em como tirar Will dali.


Passiva a Considerar:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

#9

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
ϟ Gustav Lorenzo  ϟ | ✖ MvP Comum ✖

Ao final de todas as ações do garoto, os romanos pararam e fitaram-no, voltando um tanto envergonhados, guiados pelos mais experientes, que entenderam a mensagem do garoto, contendo alguns idiotas. O garoto então foi em direção a serva, que o encarou rindo. Como se estar acorrentada não fosse problemas para ela.

- Venha, garanhão - Disse ela, dessa vez sem charme na voz, embora não deixasse de ser sensual. Fazendo movimentos no chão, para induzi-lo a ter ideias obscenas. Ela estava à 10 metros, e parecia não ter nenhum medo. Era incerto se tinha armas escondidas ou algum truque, mas por ser serva da discórdia, o garoto tinha noção do que ela podia fazer.

Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖

A garota saca uma de suas esferas explosivas e a joga no monstro, caindo mais a frente para não se ferir com a explosão. A garota se levanta, vendo que o monstro estava atordoado, cambaleando, não havia sido morto, de alguma forma, mas claramente estava desnorteado. Ela tinha o espaço livre para correr até seu irmão.

Gustav Lorenzo
Vida:124/124
Energia:58/118

Emily Monteiro:
Vida:127/132
Energia:109/124

Troll: - Desnorteado
Vida: 160/250[/center]



Panic is good, right?— Deimos

#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 3]

Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum