Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!

Evento de Recompensas por narrações

Seg 9 Jan 2017 - 23:27 por Quíron

Olá Deuses!

Muitos de nós (Deuses) nos matamos de narrar para os campistas e acabamos não tendo tempo para os nossos próprios personagens. Pensando nisso resolvi criar um sistema de recompensas para as narrações que os Deuses narrarem para os outros campistas.

Todas as narrações que o Deus narrar vai ser avaliada e receberá uma quantidade de xp equivalente a qualidade e o tamanho da narração. Todos os Deuses estão participando desse evento, seja Olimpiano ou Menor.

Toda vez que terminar uma narração você deverá me mandar por mp o link da narração e pedir para que os campistas que participaram também mande mp para mim falando um pouco da narração e dando uma nota …


Comentários: 0

Narração via Skype

Dom 8 Jan 2017 - 21:35 por Quíron

Olá Campistas!!!

Venho trazer para vocês hoje uma narração um "pouco" diferente da original, uma narração via Skype! Sim, isso mesmo.

Todos nós sabemos que a maioria das pessoas não conseguem mais jogar no fórum por conta do tempo, muitos estudam e trabalham e isso impossibilita com que eles consigam postar. Pensando nisso eu resolvi fazer um teste de uma narração pelo Skype.

Peço para que todos postem suas opiniões aqui nesse tópico sobre esse tipo de narração e se elas devem continuar.

narração via skype - Dani e Wel.wav

Comentários: 0

Problemas com as contas Olimpianas

Dom 8 Jan 2017 - 13:29 por Quíron

Olá Olimpianos.

Depois de um backup feito no fórum os direitos de administrador de todos os olimpianos foram retirados automaticamente pela Forumeiros. A princípio é para esse erro já ter sido corrigido, se algum Olimpiano ainda estiver com problemas mande mp ou fale comigo no Facebook: https://www.facebook.com/paulohenrique.morais.9

Desculpe o transtorno, Quiron.


Comentários: 0

Vagas de Deuses Menores!

Sab 17 Dez 2016 - 21:20 por Poseidon


Temos vagas!


Final do ano, férias escolares, fórum ativo. Sabem o que isso significa? Sim, estamos precisando de narradores! Sempre quis narrar para seus amiguinhos mas nunca soube como? Pois bem! Siga os passos a seguir e junte-se à equipe!

Perguntas:


Qualquer um pode ser Deus menor?

Sim, mas devem seguir alguns critérios:
1. Estar no fórum a mais de 1 semana
2. Ter noção de narração e combate
3. Saber tudo que tem no Tutorial de combates, rodadas e turnos


Como eu faço para ser Deus?

Mante um MP (Mensagem Privada) para mim, Poseidon, e eu negociarei os cargos com quem estiver interessado.


Mas eu quero ser Olimpiano, como faz?

Primeiramente, todos deveram começar …


Comentários: 0


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 3]

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
Talvez eu fosse seduzido se essa moça tivesse aparecido 3 semanas atrás. Infelizmente pra ela, conheci uma pessoa muito interessante no acampamento grego e nao via a hora de revê-la. Além disso, não gosto de gente oferecida. Mesmo que ela usasse seu poder de serva, eu não cairia facilmente. Sou neto do deus da loucura e embriaguez, o que me garante uma pequena resistência natural a técnicas de charme.

Apenas estalo os dedos deixando a putanha num estado de [Euforia]. Caso ainda haja algum legionário por ali, peço que ele a leve diretamente para seu centurião, para que receba as devidas punições. Comunico que ela deve ser amordaçada para não usar seu poder imundo. Se não houver mais ninguém por ali e ela estiver novamente a sós comigo, dou-lhe o soco que tanto quero dar pra que ela desmaie e fique quieta por mais algum tempo. Como alguém se oferece de forma tão patética no meio da madrugada?

- Patética, isso que você é. Se eu soubesse disso antes, deixaria você virar comida de lobo sem nenhum remorso. Nunca vai se comparar a ela agindo como uma biscate.

Vou então até o coliseu caso não haja mais interrupções, consumindo uma poção de energia[Mítica] no caminho.

Habilidades Passivas:

Nível 1 - Liderança: Os filhos de Zeus, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)

Habilidade Ativa:

Nível 1 - Euforia: Pode deixar o oponente levemente bêbado, tonto e tendo ilusões. O uso desta habilidade requer 10 pontos de energia e entrará em espera durante 4 turnos.

#11

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Duas opções eram as que eu tinha naquele momento:

Correr na direção de Will e tentar ajudá-lo ou atacar o monstro que está com a guarda exposta. Eu estava realmente desesperada, mas não sou burra. Se eu deixar o monstro se recuperar, ele ataca a nós dois, e eu não tenho certeza se posso quebrar ferro estige tão rápido. Meu irmãozinho vai ter que aguentar. Ele é forte e vai conseguir.

Vou na direção do monstro imundo com meu tridente em mãos. Atiro a arma assim que chegar a uma distância promissora, tendo seu peito como alvo. Contudo, eu não pararia por ali. Independente de acertar ou errar, invoco um novo tridente, com meu poder de [Princess of Sea], e atiro a segunda lança logo em seguida, focando a cabeça, entrando em rodada de ataque total.

Ofegante depois de tal esforço, observo os resultados de minhas ações e espero que isso seja o suficiente.


Passiva a Considerar:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

#12

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
ϟ Gustav Lorenzo  ϟ | ✖ MvP Comum ✖

O neto de Baco abusa de suas habilidades para deixar a garota estonteada, parando seu movimento sensual no chão. Ela então começou a rir euforicamente, porém algo a mais estava oculta em sua voz. Como se estivesse rindo não por estar bêbada, como se tivesse um truque na manga. O garoto a deixa ali, sob os cuidados de outro romano que já providenciava uma mordaça. Na arena, o legionário viu uma coisa nunca iria esquecer. Perante todos os corpos amontoados e caídos no chão, com inúmeros legionários ao seu redor, uma mulher levantou-se, com um manto negro cobrindo o rosto e partes íntimas, rasgado nas pontas e indo até a coxa. Sua pele era branca, pálida e surrada com a poeira. Seus traços eram fortes e bonitos, como se tivesse uma beleza extremamente perigosa. A sua presença era forte, emanando poder.
- Discórdia - Disse o garoto, ajoelhando-se. Logo a imagem da personificação do caos tremeluziu, o chão começou a ser sugado por uma espiral no centro, a areia começou a transformar-se. O azul marinho veio a tona, o mesmo portal em que o lobo veio estava se formando. O garoto viu-se coberto pela negritude, como se o céu tivesse o sugado. E por fim conseguiu ver algo antes de desaparecer, correntes prendendo a deusa.

Gustav abriu seus olhos, de pé no coliseu, uma arena diferente, tanto no tempo quanto no espaço. Já não era mais noite, o clima estava nublado, começava a chover gradualmente mais forte. A esquerda do garoto, um monstro se desintegrava em pó dourado, com um tridente dourado caindo ao chão e um outro de água se desfazendo em líquido. A alguns metros da imagem, uma garota se projetava, uma pessoa que ela conhecia bem. Sem tempos para grandes cumprimentos, a direita da arena o irmão de Emily gritou. Preso em correntes negras, agora sangue começava a escorrer de seu nariz e olhos,ele estava acordado, tentando se soltar. Algo estava em seus olhos, uma coloração cinza, que perceberam por mais afastado que estivessem, sua íris não tinha mais o mesmo brilho. Era como se estivesse cego. Ao norte do romano uma figura berrou em um grito de guerra, um monstro portando um tridente dourado, semelhante ao da garota, mas o filho de Júpiter sabia que era de outro material, ouro imperial. Seu único olho revelava que era um ciclope, além do seus 2,3m de altura. Um meio-irmão da filha de Poseidon. Um inimigo a altura dos semideuses, não ao pé da letra. Preparando-se para atacar.

Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖

Após as duas tentativas de derrotar o monstro a garota sentiu um alivio quando este se desfez, respirando fundo, quase esquecendo de seu irmão com a calmaria temporária que teve. Ela olhou para o outro lado da arena, ao seu lado direito, onde um círculo azul aparecera. Um portal. Algo saiu dele, um garoto loiro de feições fortes, um conhecido. Foi aí que o grito do conselheiro quase fez a garota desmanchar-se. Ele parecia estar com dor, centenas de vezes mais do que ela imaginava. Sangrava cada vez mais, como se sua vida estivesse extinguindo-se. A sua esquerda um monstro berrou, girando as pontas de seu tridente em ameaça, fitando Gustav e preparando-se pra avançar em sua direção. Portava além da arma, uma armadura completa e dourada, com algumas brechas no elmo e nos quatro membros. O combate de ambos estaria no meio do caminho entre Emily e seu irmão ferido. O que ela faria?


Gustav Lorenzo
Vida:124/124
Energia:118/118

Emily Monteiro:
Vida:127/132
Energia:109/124
Ciclope:

Favor não esquecer da armadura, por mais que esta não se encontre na imagem.



Panic is good, right?— Deimos

#13

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
Faço essa cara quando tenho a visão da deusa Discórdia Que

Em seguida, sou sugado por uma espécie de portal mágico que me leva pra um lugar que eu tenho certeza de que não é o Acampaento Júpiter. Ainda era noite e o clima estava diferente, nublado. Isso era algo bem agradável, faria meu poder de controle de clima agir mais rapidamente se eu quisesse dar uma de [Comandante Celeste]

O som de duas armas caindo ao chão, tridentes. Seria possível? Sim, eu lembro desse lugar. É o Coliseu do Acampamento Grego! Mas como eu vim parar aqui? E por que? Vejo então algumas cenas que mais parecem peças de um quebra-cabeças, não muito divertido de se querer montar.

A primeira figura é a de Emily, parecia ter saído de uma árdua batalha. A segunda era a de um garoto aprisionado. Ele parecia correr grande perigo. Não demoro pra reconhecê-lo, é o mesmo que gritou pela filha de Netuno da última vez que estive aqui. O reconheci por conta de uma braçadeira que os identifica como... Conselheiro? Algo assim.

Não houve tempo para cumprimentar a garota decentemente, como sempre, pois além da necessidade de resgatar o menino, uma outra criatura parecia ter aparecido ali. Era grande, trajava armadura e tinha uma feição ameaçadora: Um ciclope.

Bem, eu havia começado a ler um pouco mais sobre as histórias dentro de sua origem, a grega, e diz-se que ciclopes também são filhos de Netuno, o que naturalmente transforma aquele cara em um meio irmão de Emily e como é o nome do rapaz la? Acho que William. Tecnicamente não haveria um motivo para ele se colocar no caminho com aquela postura, mas a visão que tive da deusa da discórdia me deu um arrepio. "Gus, isso é treta".

Digo para Emily tentar, de alguma forma, socializar com seu meio-irmão. Eu por outro lado tentaria libertar seu irmão durante a conversa. Advirto a garota que provavelmente não vai dar certo e peço que se o monstro atacar, ela me dê cobertura. A prioridade era salvar o garoto que estava, visivelmente, morrendo. :8)y:

Assim que ela o fizer, realizo três saltos potencializados pela [Antigravidade], contornando a criatura a uma distância que eu fique fora do alcance de suas armas, e vejo o que posso fazer para, pelo menos, tirá-lo dali. Caso eu consiga libertá-lo, carrego-o até um local um pouco mais afastado e deixo-o repousando sobre a parede ou uma pilastra. Tentaríamos reanimá-lo depois. Ele sair do contato da sua dolorosa prisão era uma prioridade.

Habilidades Passivas:

Júpiter
Nível 1 - Liderança: Os filhos de Zeus, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)
Nível 2 - Antigravidade: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus não se machuque tanto em quedas livres, além de permitir-lhe saltos maiores. (+7 CON)
Nível 11 - Antigravidade [Intermediário]: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus quase não se machuque em quedas livres, além de permitir-lhe saltos ainda maiores. (+8 CON)

Baco
Nível 4 – Agilidade [Inicial]: O herói tem facilidade de se esquivar de objetos, monstros ou outras coisas que vem em sua direção, ás vezes de golpes. (+5 AGI)

Habilidade Ativa:

Nível 2 - Comandante Celeste [Inicial]: O filho de Zeus ergue a mão ou arma para os céus, e convoca as nuvens, que começam a se aglomerar acima de sua cabeça. Neste nível leva entre uma e três rodadas para o céu fechar, dependendo do clima. Consome 30 de Energia, entra em espera por 10 rodadas. 

Descrição de Itens:

Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.

#14

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Depois de finalizar a criatura, procuro reaver meu tridente.

Depois de finalmente derrotar aquela criatura esquisita, tenho a impressão de que há mais alguém na arena. E acerto em cheio. Mas como o Gustav entrou no acampamento grego no meio da noite? E pior, como ele havia entrado na arena se esta deveria estar fechada? Pra ser honesta, prefiro não me perguntar, o bom é que pelo menos ele pode servir para me auxiliar.

E logo lembro no que precisarei de ajuda.

O grito de Will me fez estremecer. Ele havia ficado ainda pior em pouquíssimo tempo. Seus olhos... Perderam a coloração. Eu obviamente iria ajudá-lo, mas outra criatura, dessa vez, um ciclope que certamente é mais poderoso que aquele troll me aparece. Seria ele o responsável por tudo isso? Se sim, por quê? Ciclopes são todos filhos de Poseidon, ele não poderia estar fazendo isso... Poderia?

Ouço as palavras do filho de Zeus e fico atenta. Ele me conta que teve um encontro inesperado com Éris, o que me faz pensar em muitas possibilidades. Se isso for um joguinho da deusa, dialogar com o gigantão à nossa frente é perda de tempo. E tempo é uma coisa que não posso desperdiçar.

Contudo, escuto o plano do rapaz. Sendo agora uma dupla um tanto quanto entrosada, talvez possamos agir, Eu poderia tentar interceder frente ao ciclope para ganhar tempo enquanto ele, que é mais rápido e mais forte tentaria libertar meu irmão. Por que não? Afinal, não necessariamente tudo deve ser resolvido na base de violência desnecessária.

Ainda distante do ciclope para não entrar no alcance de seu tridente, pergunto qual seu nome e por que estava ali. Além disso, perguntaria por que ele não ajuda nosso irmão que estava preso e ferido. Obviamente eu já não esperava qualquer resposta e muito menos ajuda da criatura, eu estava preparada para lutar. Meu trabalho seria impedir que ele chegasse até Gustav.

Espero por alguma resposta, e caso eu obtenha, tento puxar qualquer assunto que me dê algum tempo. Se ele resolver partir pra uma luta, focarei esquivas e defesas e por fim, se ele for atrás do filho de Zeus e abrir a guarda, eu o atacaria, tentando estocar alguma parte desprotegida com meu tridente, preferencialmente nas pernas, o local mais fácil de se alcançar e que causaria prejuízos a seus movimentos.


Passiva a Considerar:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

#15

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
| ϟ Gustav Lorenzo  ϟ | Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖

Os garotos decidem agir em conjunto, notando que um não poderia prosseguir sem atrapalhar o outro sem fazê-lo. Gustav utiliza sua habilidade perante a gravidade para aplicar saltos e se aproximar de Will, que ouvira o garoto se aproximar e imediatamente focou sua face em sua direção, sem movimentar seus olhos.
- Quem é vo... ARGH - Disse antes de grunhir baixinho, a dor era constante e logo o garoto morreria se continuasse com as correntes. Ao filho de Zeus se aproximar ele viu os nós das correntes, feitos por mãos humanas, eram nós mal feitos, mas pela quantidade o garoto teve de manter contato com o material. Sentira a magia drenar parte dele, pequena, mas ainda assim havia se sentia mais cansado. O conselheiro desabou ao chão, desmaiando novamente. Como se um peso enorme tivesse sido tirado de seus ombros, ideias vieram a mente de Gustav, talvez só um pressentimento vagabundo, mas... Kross teria se amarrado ali? O ciclope urrou do outro lado, interrompendo os pensamentos dele. O romano se virou vendo que Emily não tivera tanto sucesso. A filha de Poseidon tentava conversar, a voz do monstro era estridente, ecoando pelo lugar acima do som da tempestade.
- MEU NOME É SÍSON! E VIM AQUI PARA AJUDAR MEU IRMÃO -
A garota não teve tempo de falar sua posição atual para com Will. Esquivando-se para os lados, tentando manter o ritmo, saltando e girando, tentando evitar as estocadas. Era quase impossível contra-atacar os golpes, o lanceiro atacava com fúria, acreditando que a garota havia deixado o meio-sangue preso, com o espírito protetor o cobrindo. Gustav olhava tudo de longe, suas esferas não funcionariam no monstro, mas os raios estavam fortes ao redor do céu, as nuvens pareciam se aglomerar ao redor do filho de Júpiter, como se ele as comandasse.


Gustav Lorenzo
Vida:99/124
Energia:63/118

Emily Monteiro:
Vida:127/132
Energia:109/124
Ciclope:

Favor não esquecer da armadura, por mais que esta não se encontre na imagem.



Panic is good, right?— Deimos

#16

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
Quando me deparo com o garoto vejo que ele realmente está mal. Porém, o que mais impressionou foi o grunhido que ele ainda conseguiu soltar pra cima de mim. Aparentemente eu não era muito querido por ele. Fazer o quê?  Depois de retirá-lo das correntes, que tinham um material que parecia sugar as energias de quem nele tocava, me dou conta do que se passa com Emily, ela parecia estar na pior. Infelizmente eu ainda tinha algumas coisas pra fazer por aqui. Ela teria que aguentar um pouco.

- Bom, vamos tirar o pequeno príncipe daqui. Se quer dormir, que vá pra um lugar um pouco mais reservado. você quer isso, não é? - Digo balançando a cabeça do filho de Poseidon, pra simular uma concordância por parte dele. - Bom garoto!

Uso o poder de minha [Antigravidade] e começo a saltar com o filho de Poseidon apoiado sobre minhas costas. Era um pouco mais difícil fazer saltos mais longos porque ele parece um pouquinho acima do peso, mas tudo bem, acho que aguento o tranco. Quando estivermos em um lugar mais afastado, crio pequenas faíscas de eletricidade nas pontas dos meus dedos. Colocaria minha mão sobre o peito do rapaz para fazer essa pequena corrente estimular o sistema nervoso dele pra que ele se mantenha acordado, consciente. Ficar apagado sem energia pode trazer sequelas e acho que a irmã dele não vai querer isso.

Caso ele acorde, vejo se ele possui uma daquelas garrafas d'água que sempre o vi carregando e o ajudo a tomar o conteúdo de uma delas. Filhos de Netuno se dão bem com a água até onde sei, e mesmo que não haja, ele deve poder conjudar o líquido. Também te a opção de que ele logo vai tomar um banho com a tempestade que vai cair. Na condição mental que este se encontra atualmente, provavelmente não vai conseguir escolher entre ficar seco ou molhado.

No mais, se possível, consumo uma outra poção de Energia[Mítica], assim posso me preparar pra entrar no combate.


Habilidades Passivas:

Júpiter

Nível 1 - Liderança: Os filhos de Zeus, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)

Nível 1 - Proteção Elétrica I: Sob qualquer indício de energia elétrica o filho de Zeus obtém cura, e não sofre danos como outros campistas ao ser eletrocutado. Cura 5 pontos de HP e MP por rodada quando exposto a essa eletricidade.

Nível 2 - Antigravidade: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus não se machuque tanto em quedas livres, além de permitir-lhe saltos maiores. (+7 CON)

Nível 11 - Antigravidade [Intermediário]: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus quase não se machuque em quedas livres, além de permitir-lhe saltos ainda maiores. (+8 CON)

Baco

Nível 4 – Agilidade [Inicial]: O herói tem facilidade de se esquivar de objetos, monstros ou outras coisas que vem em sua direção, ás vezes de golpes. (+5 AGI)

Habilidade Ativa:

Nível 4 - Eletrocinese II: Você pode controlar maiores quantidades de eletricidade, conseguindo produzir PEQUENAS quantidades de energia. O uso desta Habilidade requer 40 pontos de Energia.

Descrição de Itens:

Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.

#17

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Eu acho que posso assumir que Síson não é um irmão muito inteligente. Ele disse estar disposto a salvar Will mas não me reconheceu como irmã também. Onde fica a história de que somos reconhecidos pelo cheiro?

Bem, eu não tinha tempo pra argumentar, tinha que esquivar de ataques e mais ataques vindos dele, que era forte e rápido. Um vacilo e eu sou triplamente perfurada. Tentaria mostrar pra ele meu tridente, no momento em que ele fizesse um ataque que me desse oportunidade de defesa. As armas dadas como presente de reclamação ele deveria ser capaz de reconhecer, ou pelo menos eu espero.

Aproveitaria a deixa pra dizer uma frase simples:

-Eu também sou sua irmã!

Independente de qualquer coisa, recuaria e tentaria me defender. Não se sabe do que ele é capaz ou o que ele realmente quer fazer. A conversa inicial dele também pode ser uma fraude. Por que não seria? Até que me provem o contrário, não posso confiar nele, mas também não sou capaz de atacar um outro filho de Poseidon a menos que eu realmente saiba de suas reais intenções.


Passiva a Considerar:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

#18

Deimos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
| ϟ Gustav Lorenzo  ϟ | Ψ Emily Monteiro Ψ | ✖ MvP Comum ✖
Gustav coloca Will em suas costas e começa a levá-lo, chegando até o portão em que o ciclope entrara. Estava fechado, trancado pelo outro lado, alguém havia o colocado ali. Alguém estava brincando com eles, mas por hora, tinha de cuidar do conselheiro. Utilizando seu domínio sob eletricidade o garoto cria-o em pequenas quantidades com sua mão sob o peito dele, sentindo a frieza da pele de Kross. Algo não tão comum para um filho de Poseidon. A eletricidade se espalha pelo corpo do garoto graças a chuva, o fazendo acordar com um sufoco, como se não estivesse respirando segundos atrás. Ele dá um soco em Gustav, talvez por espanto. O soco fora fraco, talvez só auto-defesa. O filho de Júpiter entrega uma das garrafas de água, que antes se encontrava em um dos bolsos do filho de Poseidon, que bebe e começa a se sentir melhor, embora ainda estivesse ferido. Will olhava para o ciclope, como se olhar seus irmãos brigarem doesse bem mais do quê o dano do ferro estígio.
- Faça o que for preciso, mas traga Síson aqui. Ele é um bom amigo. - Sussurrou o garoto antes de tossir, talvez drama desnecessário dele. O romano se levantou, pronto para ajudar Emily, que aparentemente, não conseguira dialogar.

Tentativa não faltou. Monteiro tentou alertá-lo que também era sua meia-irmã, mas o mesmo somente tentara socar a arma da campista, a fazendo recuar cada vez mais. A semideusa estava ofegante, começando a cansar de tanto esquivar. Emily olhou de relance e percebeu que Gustav havia desaparecido com Will, enquanto as correntes estavam caídas ao chão. Ela sentiu que não deveria deixar o monstro olhar, a julgar pelo poder de dedução dele, poderia pensar que ela havia tentado fazer algo.


Gustav Lorenzo
Vida:99/124
Energia:118/118

Emily Monteiro:
Vida:127/132
Energia:109/124
Ciclope:

Favor não esquecer da armadura, por mais que esta não se encontre na imagem.



Panic is good, right?— Deimos

#19

Ж Gustav Lorenzo

avatar
Filho(a) de Júpiter
Filho(a) de Júpiter
Ver perfil do usuário
- Hey, não precisava ser agressivo pra querer me socar. Acabei de te salvar, sabia? - Digo em tom de brincadeira para o jovem conselheiro que estava na minha frente. Ouço então seu pedido desesperado e me obrigo a deixar a brincadeira de lado, coisas mais importantes deveriam ser feitas.

- Entendi. Então o grandão não é inimigo. Ponto pra sua irmã, ela me alertou dessa possibilidade - Digo para o garoto que ainda estava se recuperando. - Pronto pra andar mais um pouco? Acho que se você quer falar com ele, nada mais justo do que ir até lá. Mas eu te ajudo, nem se preocupe.

Independente do que ele tentar dizer o fazer, pego-o pela cintura e coloco um de seus braços em volta de meu pescoço a fim de fazê-lo ficar apoiado. O fato de ele estar debilitado demais para resistir e não ter qualquer motivo para se opor a essa idea deveria ser o suficiente para ele aceitar, independente de ele ir com a minha cara ou não. O filho de Netuno deveria saber que ajudar sua irmã está acima de qualquer discussãozinha de cunho pessoal.

Feito isso, coloco o máximo de autoridade que minha voz de líder consegue emitir naquele momento e grito pelo nome de Síson ainda longe. Quando ele olhar, aponto para Will com minha mão livre para que ele veja que seu meio-irmão está a salvo e que agora pode dialogar.

- O resto é com você - Digo para o filho de Netuno, na expectativa de que ele resolva a treta e quem sabe, explique o que acontecia ali.

Habilidades Passivas:

Júpiter
Nível 1 - Liderança: Os filhos de Zeus, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)

Nível 1 - Proteção Elétrica I: Sob qualquer indício de energia elétrica o filho de Zeus obtém cura, e não sofre danos como outros campistas ao ser eletrocutado. Cura 5 pontos de HP e MP por rodada quando exposto a essa eletricidade.

Nível 2 - Antigravidade: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus não se machuque tanto em quedas livres, além de permitir-lhe saltos maiores. (+7 CON)

Nível 11 - Antigravidade [Intermediário]: Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus quase não se machuque em quedas livres, além de permitir-lhe saltos ainda maiores. (+8 CON)

Baco
Nível 4 – Agilidade [Inicial]: O herói tem facilidade de se esquivar de objetos, monstros ou outras coisas que vem em sua direção, ás vezes de golpes. (+5 AGI)

#20

Conteúdo patrocinado


#21

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 3]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum