Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!

Autores nos tópicos

Dom 2 Jul 2017 - 20:55 por Ártemis

Autores nos tópicos

Recentemente adicionei em todos as postagens do tópico de Tutoriais e Guias bem como
o tópico da Biblioteca o nome de quem fez, quem ajudou a fazer, quem editou (boa parte do conteúdo), e quem ajudou com a ideia.

Assim temos uma visão mais clara de pessoas que, apesar de a maioria não saber, ajudaram com o crescimento e evolução do fórum.

Lembrando que todo o conteúdo criado para o fórum é de autoria do mesmo. Todo "direito autoral" que estabelecemos aqui é de Rick Riordan, o criador das séries Percy Jackson e Os Heróis do Olimpo.


Comentários: 0

EVENTO DOUBLE ALEGRIA DE FÉRIAS

Ter 27 Jun 2017 - 14:28 por Selene

Evento Double Alegria de férias



Evento válido do dia 01/07/2017 até 15/07/2017


Férias de Julho chegando e nada melhor do que um evento double pra levantar os ânimos do fórum. Chamem seus amigos e desfrutem do evento
DOUBLE ITENS, EXP e DRACMAS





Comentários: 1

Problemas com as contas Olimpianas

Dom 8 Jan 2017 - 13:29 por Quíron

Olá Olimpianos.

Depois de um backup feito no fórum os direitos de administrador de todos os olimpianos foram retirados automaticamente pela Forumeiros. A princípio é para esse erro já ter sido corrigido, se algum Olimpiano ainda estiver com problemas mande mp ou fale comigo no Facebook: https://www.facebook.com/paulohenrique.morais.9

Desculpe o transtorno, Quiron.


Comentários: 0

Vagas de Deuses Menores!

Sab 17 Dez 2016 - 21:20 por Poseidon


Temos vagas!


Final do ano, férias escolares, fórum ativo. Sabem o que isso significa? Sim, estamos precisando de narradores! Sempre quis narrar para seus amiguinhos mas nunca soube como? Pois bem! Siga os passos a seguir e junte-se à equipe!

Perguntas:


Qualquer um pode ser Deus menor?

Sim, mas devem seguir alguns critérios:
1. Estar no fórum a mais de 1 semana
2. Ter noção de narração e combate
3. Saber tudo que tem no Tutorial de combates, rodadas e turnos


Como eu faço para ser Deus?

Mante um MP (Mensagem Privada) para mim, Poseidon, e eu negociarei os cargos com quem estiver interessado.


Mas eu quero ser Olimpiano, como faz?

Primeiramente, todos deveram começar …


Comentários: 0


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 3]

Ver perfil do usuário
Tenho que admitir, dei muita sorte. Não só de meu ataque ter acertado, mas de ter tido uma isca sem nem pedir. Se que não devia estar com brincadeiras em uma hora dessas, mas ele foi mesmo de grande ajuda. Agora que ele me ajudou, tenho que ajudá-lo também. Não tiro o olhar do meu inimigo, mas mesmo assim grito:

-Mark, se esconde ai atrás da árvore e tenta dar um jeito de estancar esse sangramento. Amarra um pedaço de tecido em volta da flecha, mas em hipótese alguma tente tirá-la, isso pode piorar a situação.

Depois desse conselho (de graça, aliás), o centauro tem minha total atenção. No começo da batalha, confesso que eu tinha uma vontade inexplicável de montar o centauro. Mas agora eu percebia que esse sonho teria de ficar para outra ocasião, por que agora eu tinha que matar esse miserável. Com Mark nas condições em que está, a batalha se tornou um dois contra dois muito louco e mortal, o qual eu pretendia ganhar sem ir parar no pronto-socorro mágico que deveria ter no acampamento. Me preparo para um dos meus famosos ataques suicidas/malucos e não consigo tirar da cabeça o fato de que deveria ter comprado uma bomba maior no mercado. Seguro minha espada com as duas mãos e a coloco em minha frente, de modo que sua lâmina fique na vertical. Depois, me ponho a correr em direção ao centauro, pronto para desviar de qualquer ataque durante minha trajetória até meu alvo. Quando chegasse perto o suficiente, faria uma finta para o lado e pularia para frente, realizando também uma estocada no monstro. Acertando ou não o golpe, saio de perto do centauro o mais rápido possível e fico pronto para me defender dos ataques dele.



*Pensamentos
-Fala
#11

Markeniko

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Meus companheiros não estavam contando comigo por um pequeno tempo, pois havia me machucado, nada grave...para min. Uma flecha no meu ombro e um tombo da árvore, esse centauro poderia fazer melhor, mais acho que ele não quis.

Arranco um pedaço da minha calça com minha lança e amarro na flecha fazendo com que meu ferimento seja estacado e não tenha problemas diante a isso. Vejo que meus amigos realmente me salvaram e além de que foi Stein quem me deu a dica para isso. Então agradeço aos dois:

-Obrigado Stein e valeu Charllote.

Me levanto e o monstro estava com mais atenção em Charllote do que em min, o que seria um erro me subestimar só porque machuquei meu ombro. Em quando Charllote realizava seu movimento de atração do monstro chego por trás dele e cravo minha lança em sua costela (da parte de cavalo) fazendo ela chegar no meio corpo do cavalo.

Logo após meu movimento fico atrás da árvore e espero mais um movimento do monstro, caso ele sobreviva aquele ataque que ainda estava como minha arma favorita. E preparo um ataque concentrado para usar no monstro.

Passivas:
Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.

Nível 3 - Adaptador [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para todas as perícias possíveis de serem treinadas. (+ 5 MIRA, AGI, FOR E CON)

Nível 4 - Filho da Guerra: Em batalha, o filho de Ares dificilmente erra seu movimento, executando quase sempre com sucesso aquilo que nasceu para fazer. (+4 AGI)

Nível 4 - Flexibilidade com Armadura: O filho de Ares, poderá se locomover bem em batalhas, de forma que a armadura não lhe causa algum problema, desconforto ou atrapalhe.

Ativas:
Nível 2 - Arma favorita: O filho de Ares escolhe dentre as suas armas a sua favorita e, durante 3 rodadas, ela ganha bônus em seus ataques, sejam cortantes, perfurantes ou esmagadores. Gasta 35 de MP e só pode ser usada uma vez na narrativa.

Nível 3 - Ataque Concentrado: O herói precisa de pelo menos um turno ou mais para se concentrar em um ataque muito poderoso, quanto mais turnos o herói se concentrar maior o dano. O herói gasta 10 pontos de energia por turno carregando o ataque.

#12

Minerva

avatar
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
Apesar da situação adversa na batalha, os semideuses pareciam conseguir contornar a dificuldade. Stein era quem tinha maiores problemas, pois encarava um monstro sozinho. Ele tenta um finta para atacar o centauro, mas o monstro tava muito próximo a ele, e portanto o semideus tem dificuldades de obter um ataque eficiente. Mesmo assim, o campista consegue acertar uma estocada simples no flanco do animal, que continua o atacando. Ele precisaria de ajuda em breve, senão acabaria sendo subjugado pela força e velocidade maiores do centauro.

Já Mark e Charllote tinham mais facilidade, no dois contra um. Enquanto a semideusa provoca o centauro, atraindo sua atenção, Mark estanca o ferimento e se prepara para o ataque. Correndo em zigue-zague, Charllote consegue escapar de uma flecha e chegar no monstro. Com um rolamento rápido, escapando da espada que o monstro havia sacado, ela consegue um golpe cortante na outra pata dianteira do centauro. Logo em seguida, Mark chega por trás e finca sua lança nas costelas do monstro.

O golpe não foi capaz de matar, pois o corpo do centauro era robusto, e quando Mark voltava para trás da árvore acaba dando as costas pro monstro, sofrendo um coice na altura do ombro que não estava ferido. O garoto cai de cara no chão, mas mesmo assim começa a se concentrar para o próximo golpe, com a lança em mãos. O centauro mal conseguia andar, mas estava completamente concentrado em Charllote para que ela não pudesse finalizá-lo com facilidade.


Centauro¹: 270/350 HP - Stein - -10 HP/Turno (Sangramento)
Centauro²: 150/350 HP

#13
Ver perfil do usuário
O centauro não estava afim de me ajudar. Apesar de ter acertado alguns golpes, o bicho era mais rápido do que eu e não demoraria para que ele também acertasse alguns. Eu tinha que ganhar distância do monstro para não ser atingido pela espada dele, mas também precisava estar perto, para ficar mais fácil de reagir ao seu arco e flecha. Resolvo fazer basicamente as duas coisas. Primeiro, eu recuo (sempre olhando para o meu inimigo) o bastante para a espada dele não me alcançar. Depois, se ele não pegar o arco, eu começo a correr em sua direção, fazendo uma finta de última hora para o lado e cravando a espada no seu tórax, retirando-a lago em seguida e recuando, pronto para esquivar de algum ataque. Se ele pegar o arco para tentar me acertar, vou correr rapidamente em sua direção, prestando atenção para desviar dos ataques, e quando chegar perto o suficiente, faço um corte em horizontal em seu peito. O corte visa dois objetivos: Causar dano no centauro e cortar a alça da aljava de flechas. Caso errasse o golpe, recuaria e ficaria pronto para desviar de possíveis ataques. Mas caso eu acerte esse golpe, eu consigo meio que equilibrar o jogo, já que ambos teremos de nos aproximar para conseguir atacar. Não importando o resultado, eu grito para os dois semi-deuses que me acompanhavam:

-Vocês poderiam matar essa ai mais rápido? Eu to meio que precisando de uma mãozinha aqui!



*Pensamentos
-Fala
#14

Markeniko

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
É finalmente chegará a hora de eu ir me lamentar por tudo que fiz, as coisas ruins, não vou falar coisa boa porque não deve nenhuma. Sim eu estava perdendo muito sangue, mas continuava de pé meu ataque estava pronto para solta-lo nem ligo se havia terminado ou não, eu precisara ajudar meus companheiros.

Eu conseguia ver somente o sangue em minhas mãos, aquele sangue que eu era tão obcecado por conseguir, lambo aquele sangue com o maior prazer do mundo e então olho para o monstro com um olhar de psicopata e grito:

-Sua hora chegou!!!! Charllote me ajude com esse aqui e logo em seguida partiremos para o outro.

O centauro não estava prestando atenção em min e então que faço um deslize perto dele para evitar tomar um coice e finco minha espada em suas costas humana fazendo ele morrer, logo em seguida pulo para o lado e me escondo atrás de uma árvore e finalmente tomo minha poção heroica e volto para a luta.

Passivas:
Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.

Nível 3 - Adaptador [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para todas as perícias possíveis de serem treinadas. (+ 5 MIRA, AGI, FOR E CON)

Nível 4 - Filho da Guerra: Em batalha, o filho de Ares dificilmente erra seu movimento, executando quase sempre com sucesso aquilo que nasceu para fazer. (+4 AGI)

Nível 4 - Flexibilidade com Armadura: O filho de Ares, poderá se locomover bem em batalhas, de forma que a armadura não lhe causa algum problema, desconforto ou atrapalhe.

ativas:
Nível 2 - Arma favorita: O filho de Ares escolhe dentre as suas armas a sua favorita e, durante 3 rodadas, ela ganha bônus em seus ataques, sejam cortantes, perfurantes ou esmagadores. Gasta 35 de MP e só pode ser usada uma vez na narrativa.

Nível 3 - Ataque Concentrado: O herói precisa de pelo menos um turno ou mais para se concentrar em um ataque muito poderoso, quanto mais turnos o herói se concentrar maior o dano. O herói gasta 10 pontos de energia por turno carregando o ataque.

#15

Charllote Effrayant

avatar
Filho(a) de Phobos
Filho(a) de Phobos
Ver perfil do usuário
Bem, acho que está acabado.

Por uma razão de habilidade, combinada com sorte, consegui concluir meu ataque. Eu estava de certa forma, feliz. Eu havia tido muito sucesso em minha primeira batalha, tinha um inimigo quase completamente vulnerável à minha frente, era hora de finaliza-lo.

Eu logo iria avançar na direção do Centauro, visto que este não podia se mover, ele só poderia me atacar com suas flechas, as quais eu ficaria pronto para receber a qualquer momento, usando a mesma técnica de ziguezague. Logo que me aproximasse daquela criatura, iria tentar um movimento ousado, mas que poderia ser bem eficaz, tendo Mark ao meu lado.

Eu iria tentar pular na direção da parte de cavalo do monstro, vindo pela sua frente, a qual eu tinha cortado as pernas. Assim que me aproximasse, faria mais uma vez o rolamento e assim que eu me levantasse, iria fincar minha espada na barriga daquela criatura, em seguida, sairia arrastando a mesma pelo corpo do monstro, visando cortar tudo por dentro, o máximo que fosse possível.

Depois do ataque, retiraria minha espada de seu corpo e sairia de perto do mesmo. Tendo o risco deste ainda estar vivo

#16

Minerva

avatar
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
Era engraçado como cada situação na batalha poderia mudar completamente o curso de uma luta. Por um lado, Mark estava frustrado e irritado com seu desempenho, mesmo tendo acertado seus golpes e mantido a atenção de um dos monstros para dar chances aos seus colegas. Pelo outro lado, Charllote estava confiante de que podia vencer o monstro seguindo a mesma tática de antes. A filha de Phobos busca a mesma tática para chegar ao centauro, mas com o monstro de joelhos e já conhecendo a tática da garota, sua mira se tornou muito mais aguçada. Antes da semideusa chegar nele, uma flecha atinge uma coxa da garota, fazendo ela parar e ter dificuldades para correr. Mark por outro lado, se recupera do último revés e aproveita a atenção do monstro em Charllote e usa toda a sua força concentrada para resgar as costas do centauro e matá-lo, por fim.

Do outro lado da batalha, Stein parecia ser o melhor guerreiro em certos aspectos, mesmo sendo o único indefinido. O garoto causara uma hemorragia no monstro e conseguia se manter intacto em uma luta de 1 para 1, enquanto seus amigos lutavam em dois. O semideus tenta uma tática para se manter vivo, se afastando do centauro, mas ao contrário do que ele esperava, o monstro não pegou o arco. Ele simplesmente corria atrás do garoto, porque era mais rápido. Depois de alguns metros recuando, sem conseguir encontrar uma brecha para contra-atacar, o esperado ocorre: Stein acaba tropeçando e cai de costas no chão. Agora ele estava de frente para o monstro, vulnerável e seus amigos semideuses estavam à 12 metros dele.


Centauro¹: 260/350 HP - Stein - -10 HP/Turno (Sangramento)

#17

Markeniko

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
A emoção de lutar sempre aumentará com inimigos fortes, mais uma coisa era necessária;acabar com o outro monstro que incomodava Stein, mas ele até estava de boa, estava lutando melhor que Charllote e eu juntos, uma decepção pra min que era um campista que tinha mais tempo lá, mais ignoro isso.

Minha lança consegue rasgar as costas do monstro fazendo com que ele morra e não nos incomode mais. Mas um problema surgiu nesse momento, pois Stein acabou de cair e em sua frente tinha um centauro pronto para mata-lo e ainda com frieza.

Tento chamar a atenção do monstro, gritando com ele, logo após disso me aproximo mais e caso ele tentar me atacar desvio com um pulo na diagonal, chego em suas costas e cravo minha lança em sua costela parte cavala, isso ajudaria ao centauro manter a visão em min e esquecer, que tem dois outros campistas ali.

Logo após meu ataque recuou para trás de uma árvore e fico lá, escondido para dar o famoso Bait.

Passivas:

Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.

Nível 3 - Adaptador [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para todas as perícias possíveis de serem treinadas. (+ 5 MIRA, AGI, FOR E CON)

Nível 4 - Filho da Guerra: Em batalha, o filho de Ares dificilmente erra seu movimento, executando quase sempre com sucesso aquilo que nasceu para fazer. (+4 AGI)

Nível 4 - Flexibilidade com Armadura: O filho de Ares, poderá se locomover bem em batalhas, de forma que a armadura não lhe causa algum problema, desconforto ou atrapalhe.

#18
Ver perfil do usuário
Mano, eu tenho que parar de cair assim. Eu já era desastrado, mas agora parece que eu não posso passar um dia sem levar uma queda. Deixando de lado o fato de eu ser um completo mongol, eu tenho que sair dessa situação antes que eu seja morto pelo parente do pé de pano. Eu não tinha muito tempo para tentar me levantar, e levando em consideração que esse corpo de cavalo não deve ser bom para fazer giros no próprio eixo, eu formulo a seguinte estratégia: Pego um porco de terra do chão e jogo em direção a cara do centauro, enquanto sigo o movimento do meu braço e giro para o lado o mais rápido que eu puder, tentando sair da área de ataque do centauro.

Depois eu me ponho rapidamente em uma posição agachada e salto em diagonal para frente, aplicando um golpe horizontal em arco no flanco do meu inimigo. Eu colocaria toda minha força nesse golpe e tentaria fazê-lo o mais profundo possível para acabar o mais rápido possível com esse bicho. Acertando ou não o golpe, não me dou ao luxo de ficar parado na frente do inimigo e recuo, ficando pronto para desviar caso necessário.



*Pensamentos
-Fala
#19

Charllote Effrayant

avatar
Filho(a) de Phobos
Filho(a) de Phobos
Ver perfil do usuário
É...

Que droga. Por um pequeno descuido meu, o monstro conseguiu me atingir com uma das suas malditas flechas, e eu não consegui continuar o ataque. Graças aos Deuses, Mark havia terminado seu ataque e finalizado a criatura.

Eu não tinha muito o que fazer, ou pensar. Logo eu iria retirar a flecha que havia ficado presa na minha perna e em seguida, tiraria um pedaço da minha blusa e colocaria sobre o ferimento, com a intenção de estancar o sangramento.

Logo ouvi o grito de Stein pedindo socorro e vi o estado que o mesmo se encontrava. Eu tinha uma certeza que Mark iria correr para ajudar seu companheiro, eu faria o mesmo.

Começaria a avançar contra aquele monstro, vindo pela sua retaguarda, devagar e cuidadosamente. Eu ficaria preparada para desviar de qualquer tiro de flecha que o monstro lançasse. As pessoas aprendem com seus erros, logo, eu tinha que aprender com os meus e tentar usa-los em combate. Por fim, assim que aproximar, iria tentar desferir um corte em sua parte de cavalo, pela esquerda. Logo que o fizesse iria recuar o mais rápido possível, tomando cuidado com qualquer coice ou coisa parecida.

#20

Conteúdo patrocinado


#21

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 3]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum