Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!

Evento de Recompensas por narrações

Seg 9 Jan 2017 - 23:27 por Quíron

Olá Deuses!

Muitos de nós (Deuses) nos matamos de narrar para os campistas e acabamos não tendo tempo para os nossos próprios personagens. Pensando nisso resolvi criar um sistema de recompensas para as narrações que os Deuses narrarem para os outros campistas.

Todas as narrações que o Deus narrar vai ser avaliada e receberá uma quantidade de xp equivalente a qualidade e o tamanho da narração. Todos os Deuses estão participando desse evento, seja Olimpiano ou Menor.

Toda vez que terminar uma narração você deverá me mandar por mp o link da narração e pedir para que os campistas que participaram também mande mp para mim falando um pouco da narração e dando uma nota …


Comentários: 0

Narração via Skype

Dom 8 Jan 2017 - 21:35 por Quíron

Olá Campistas!!!

Venho trazer para vocês hoje uma narração um "pouco" diferente da original, uma narração via Skype! Sim, isso mesmo.

Todos nós sabemos que a maioria das pessoas não conseguem mais jogar no fórum por conta do tempo, muitos estudam e trabalham e isso impossibilita com que eles consigam postar. Pensando nisso eu resolvi fazer um teste de uma narração pelo Skype.

Peço para que todos postem suas opiniões aqui nesse tópico sobre esse tipo de narração e se elas devem continuar.

narração via skype - Dani e Wel.wav

Comentários: 0

Problemas com as contas Olimpianas

Dom 8 Jan 2017 - 13:29 por Quíron

Olá Olimpianos.

Depois de um backup feito no fórum os direitos de administrador de todos os olimpianos foram retirados automaticamente pela Forumeiros. A princípio é para esse erro já ter sido corrigido, se algum Olimpiano ainda estiver com problemas mande mp ou fale comigo no Facebook: https://www.facebook.com/paulohenrique.morais.9

Desculpe o transtorno, Quiron.


Comentários: 0

Vagas de Deuses Menores!

Sab 17 Dez 2016 - 21:20 por Poseidon


Temos vagas!


Final do ano, férias escolares, fórum ativo. Sabem o que isso significa? Sim, estamos precisando de narradores! Sempre quis narrar para seus amiguinhos mas nunca soube como? Pois bem! Siga os passos a seguir e junte-se à equipe!

Perguntas:


Qualquer um pode ser Deus menor?

Sim, mas devem seguir alguns critérios:
1. Estar no fórum a mais de 1 semana
2. Ter noção de narração e combate
3. Saber tudo que tem no Tutorial de combates, rodadas e turnos


Como eu faço para ser Deus?

Mante um MP (Mensagem Privada) para mim, Poseidon, e eu negociarei os cargos com quem estiver interessado.


Mas eu quero ser Olimpiano, como faz?

Primeiramente, todos deveram começar …


Comentários: 0


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 3]

MvP [Comum] - Emily Monteiro e Wrassil

por Tânatos em Qui 4 Ago 2016 - 11:40

Tânatos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Emily estava se sentindo entediada, com o acampamento em recesso os únicos que estavam ali eram os que não tinham mais para onde ir além do acampamento, o que a deixava praticamente sem opções de entretenimento, as fofocas das meninas de Afrodite não mudavam porque nada novo acontecia, as pegadinhas dos filhos de Hermes se tornaram previsíveis e o chalé de Poseidon estava mais vazio do que o normal.


Depois de um dia andando de um lado para o outro procurando algo para fazer, a noite cai e para sair da monotonia ela decide ir para a arena treinar, pelo visto ela não foi a unica com esse pensamento pois no caminho para a arena ela se encontra com outro campista que esta se dirigindo para o mesmo lugar, ela esta preparado para a luta então obviamente não esta indo para assistir.


Os dois atravessam as portas da arena que se fecha atrás dos dois com um barulho alto, a arena cai em um silencio por um momento, do outro lado o portão de metal começa a se levantar e de lá vêem-se um cão infernal de 1,5 m de altura e um autômato do tamanho e formato de uma pessoa, mas em suas costas asas se erguem intimidantes asas de de metal, em uma de suas mãos esta uma espada e na outra uma adaga longa e os campistas claramente conseguem enxergar que ele tem outra adaga em sua cintura.


A noite esta fria e a lua cheia se ergue a esquerda, e como choveu de tarde o chão esta um pouco lamacento e com diversas poças de agua pelo campo que é circular de 30m de diametro e que até esta manhã era de terra batida, mas agora esta todo barroso.



Emily:
HP: 140/140
MP: 130/130

Wrassil:
HP: 103/103
MP: 103/103


Autômato: 100%
Cão Infernal: 100%


OBS.: Já sabem mas não custar tentar, coloquem os equipamentos que vão levar para a batalha, assim como as suas respectivas descrições e as passivas que são para ser consideradas.




"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#1

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Assim como a grande maioria dos filhos de Poseidon, eu acordo cedo para aplaudir o sol caminhar e vender as miçanga criar disposição para a rotina diária de treinos. O fato é que eu estava um pouco entediada com a monotonia.

Contudo, o período de recesso faz o acampamento ficar quase tão vazio quanto o chalé de Poseidon, o que faz esse mesmo treinamento ficar escasso. Depois de andar [striek]o dia todo[/strike] resolvo ir até a arena e, quem diria, já era noite a lua refletia muito bem a luz do sol. Nem parecia que choveu o dia de ontem.

A arena ainda estava parecendo lama e isso era um problema. A mobilidade não era totalmente livre. Os adversários também não parecem ser fáceis. Soube que cães infernais são realmente infernais durante a noite e acho que não preciso falar de autômatos.

Pego meu tridente e observo os movimentos dos inimigos primeiro para analisar algum sinal de ponto fraco. Além disso, permaneço atenta para esquivar de qualquer tipo de ataque que venha até mim, e se algum deles se aproximar, aproveitaria a vantagem do tridente ser uma arma mediana para tentar desferir algum contra-ataque.
Equipamentos:


Elmo Comum
Peitoral de Couro
Tridente
Adaga
Acessórios:

- Calça Leve com compartimento para 6 garrafas**
- Concha de Nautilus *
- Esfera Explosiva[Pequena](x3)
Mochila Comum:

- Poção de Cura[Heróico] (x3)
- Poção de Energia [Heróico] (x4)

Habilidades Passivas:

Nível 1 - Hidrofobia: O filho de Poseidon pode optar por não se molhar ao mergulhar na água, bem como qualquer objeto que segurar. Ele também pode respirar em baixo d'água.

Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

#2

Wrassil

avatar
Filho(a) de Hécate
Filho(a) de Hécate
Ver perfil do usuário
A noite, existe algum tempo melhor para lutar?? para mim não, aliás filho de Hécate óbvio que amaria a noite, aliás eu tinha uma ideia de ir lutar na arena, mas antes faria uma oferenda a minha mãe, mesmo que eu não ganhasse nada.

Após a oferenda, me dirijo a arena onde lá vejo uma menina entrando, ela era filha de Poseidon, um dos três grandes, então seria interessante lutar ao lado de uma mulher assim. Adentramos a arena e atrás de nós acontece uma forte batida do portão, fazendo um barulho alto e, assim liberando o outro lado, o dos monstros, de lá sai um cão infernal e um monstro que eu desconhecia, nunca havia visto um daqueles, seria interessante lutar contra ele agora, aliás o monstro tem asas maneiras, mas eu iria pegar o cão infernal, era mais vantajoso para mim.

Usaria o fogo fátuo no cão infernal para atrair a sua atenção a mim e esquecer a Emily. Caso isso ter certo e ele venha em minha direção, espero ele chegar perto e então criar um pequeno murinho de barro, para ele tropeçar e cair no chão, caso ele caia perto de mim usaria minha espada e faria um golpe cortante em sua costela ou em sua parte mais próxima.

Caso ele não venha ou algo de errado tentaria me afastar deles e então desviar de seus ataques, caso surja algum, tentaria desviar com pulos bem calculados e fintas.

Passivas:
Nível 1 – Detectar Magia [Inicial]: O filho de Hécate consegue detectar auras mágicas fortes em um raio de cinquenta metros (Auras mágicas são referente a quantidade de magia envolvida no monstro ou artefato). (RECONHECIMENTO ACIMA DE 50 WIS)

Nível 2 – Regeneração de Luna I: Quando o filho de Hécate está sob a luz da Lua Nova ele regenera 15 pontos de energia por rodada e 15 pontos de vida.

Nível 2 – Aura Mágica do Aprendiz: O filho de Hécate desprende uma aura mágica* fraca. (+10 WIS)

Equipamentos:
Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta
- Varinha da Lua Nova
__________________
Acessórios:

- Poção de Cura [Comum]
- Poção de Cura[Heróico]
- Poção de Energia [Heroico][x2]

Ativas:
Nível 2 – Fogo Fátuo: O filho de Hécate cria pequenas esferas flamejantes de luz azul que servem para iluminar o ambiente, ou distrair monstros. Requer 10 pontos de energia.

Nível 1 - Forças [Inicial]: O filho de Hécate manipula um dos quatro elementos em pequenos feitos, mas ainda não é capaz de invocar. Por exemplo: uma bola de fogo do tamanho de uma bola de vôlei. Custa 20 de energia, a habilidade entrará em espera por um turno.

#3

Tânatos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Emily como já é uma lutadora experiente fica parada observando as criaturas a procura de um ponto fraco, enquanto Wrassil cria fogo fátuo iluminando melhor os campistas, mas principalmente a si próprio na esperança de chamar a atenção do cão infernal para si, mas o mesmo não percebeu que fazendo isso poderia chamar a atenção dos dois monstros, que é exatamente o que acontece, o Autômato começa a correr em sua direção e em pouco tempo começa a voar em direção do filho de Hécate enquanto e cão infernal corre na mesma velocidade que o seu parceiro.




Wrassil cria o muro de barro para o cão tropeçar, e dá certo o monstro da uma trupicada, mas quando cai no chão desaparece em sombras, surpreendendo o menino, Emily que esta observando a luta percebe que o canino apareceu uns 7 metros atrás do menino e que o mesmo não percebeu, mas antes que possa ter alguma reação percebe que o robô alado em sua investida contra o menino atirou a sua adaga nela, que tem poucos instantes para se defender de alguma maneira. Wrassil tem poucos segundos antes do impacto com o monstro que vem em sua direção.


Emily:
HP: 140/140
MP: 130/130

Wrassil:
HP: 103/103
MP: 88/103


Autômato: 100%
Cão Infernal: 100%




Última edição por Tânatos em Sex 5 Ago 2016 - 20:14, editado 1 vez(es) (Razão : Erro no status)



"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#4

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
O fato de observar a batalha me deu algumas vantagens. O cão infernal é do tipo descrito nos livros, gosta de viajar nas sombras, enquanto o autômato alado parece ser rápido e preciso, a ponto de correr e atirar facas ao mesmo tempo.

Tento esquivar da adaga que vem em minha direção através de um salto para o lado em que o cão infernal apareceu, na intenção de conseguir um ângulo favorável para ataca-lo. Considerando que o filho de Hécate está com sua atenção voltada ao que está na sua frente, deixo-o responsável pela própria defesa enquanto tentaria interceptar o cão traiçoeiro.

Ativo a habilidade [Princess of Sea] para materializar um tridente de água e atiro na criatura que estava atrás do feiticeiro. Independente de acertar ou não, usaria minha habilidade de controle sobre este elemento, a [Hidrocinese] para dispersar a água no formato do máximo de agulhas que eu conseguir, direcionando-as nos olhos e focinho do cão infernal para prejudicar seus sentidos e impedir que ele consiga atingir o garoto. Ele deveria dar conta do autômato por si só.

Ainda estaria em posse de meu tridente físico, pois este aumenta minha habilidade de controle sobre a água e servirá para algum eventual contra-ataque, que tentarei desferir se alguma das criaturas subitamente decidir me focar. Permanecerei sempre atenta para observar aberturas para ataques ou alguma tentativa de truque vinda dos monstros.

Habilidades Passivas:


Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 de FOR)

Nível 5 - Tridente: Possuindo um tridente, o filho de Poseidon tem seus poderes sobre a água aumentados, melhorando todos os poderes baseados neste elemento. (+10 em todos os atributos NESSAS CONDIÇÕES)

Habilidades Ativas:

Nivel 1 - Hidrocinese I: O herói controla a água, não muito bem, mas pode controlar mesmo que seja pouco. Pode fazer pequenas agulhas com a água, por exemplo. O uso da habilidade requer 15 pontos de energia.

Nível 5 - Princess of Sea: O Semideus, pode invocar em suas mãos um Tridente[Médio] sólido, feito inteiramente de água que dura por tempo indeterminado nas mãos do usuário, e 1 turno se for disparado ou coisa do tipo. Custa 40 de mp, entra em espera por 4 rodadas.

#5

Wrassil

avatar
Filho(a) de Hécate
Filho(a) de Hécate
Ver perfil do usuário
É Wrassil mas uma cagada para a sua lista. Realmente, atrair a atenção de 2 monstros não estava no meu plano, era só um que eu queria e consegui, mas com isso veio o outro o monstro alado em minha direção. Quando utilizei meu ataque de magia, pensei que daria certo, mas o cão sumiu em um piscar de olhos e agora haveria de me preocupar com o robô alado que estaria na minha frente. Eu tenho poucos segundos para me defender mas como farei isso??

Certo eu não via uma vantagem contra aquela dupla de monstros, aliás um deles era do submundo, monstros que um dia poderei deter, mas esse dia não é hoje, eu tinha uma arma ainda que poderia usar e que poderia simplesmente salvar a minha vida.

Com a terra em chão transformaria ela em uma barreira de barro para me defender do humano alado em minha frente. Mas rapidamente usaria minha magia e arremessaria pequenas agulhas de água em seus olhos para o cegar por pouco tempo, para dar tempo de "fugir".

Caso der certo eu tento sair o mais rápido possível dali, mas sempre atento a possíveis ataques dos monstros.

Ativas:
Nível 2 - Barreira Elemental [Inicial]: Invoca uma barreira elemental que segue os movimentos do personagem por dois turnos. Custa 40 de energia, a habilidade entrará em espera durante três turnos.

Nível 1 - Forças [Inicial]: O filho de Hécate manipula um dos quatro elementos em pequenos feitos, mas ainda não é capaz de invocar. Por exemplo: uma bola de fogo do tamanho de uma bola de vôlei. Custa 20 de energia, a habilidade entrará em espera por um turno.

Passivas:
Nível 1 – Detectar Magia [Inicial]: O filho de Hécate consegue detectar auras mágicas fortes em um raio de cinquenta metros (Auras mágicas são referente a quantidade de magia envolvida no monstro ou artefato). (RECONHECIMENTO ACIMA DE 50 WIS)

Nível 2 – Regeneração de Luna I: Quando o filho de Hécate está sob a luz da Lua Nova ele regenera 15 pontos de energia por rodada e 15 pontos de vida.

Nível 2 – Aura Mágica do Aprendiz: O filho de Hécate desprende uma aura mágica* fraca. (+10 WIS)

#6

Tânatos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Emily pula para o lado quando a adaga vem em sua direção, ela passa de raspão em sua perna, mas nada que ela sinta que precise se preocupar no momento, assim que ela se levanta um tridente feito de água se encontra em suas mãos, embora um pouco transparente qualquer um que estivesse olhando perceberia que é tão mortal quanto um feito de ferro, porém ninguém estava prestando atenção na menina, o que foi um grande engano para de seus oponentes.

O cão infernal segue para atacar o filho de Hécate pelas costas, mas quando esta no meio de seu pulo a menos de um metro de seu alvo ele é acertado pelo tridente aquático que se desfaz em pequenas agulhas e o acerta em seu focinho e olhos o que o deixará atordoado pela perda dos sentidos por um tempo (1 rodada).

Wrassil invoca uma barreira elemental que o protege do corte que certamente o teria acertado, ele percebe que sua barreira perdeu parte da integridade e que provavelmente irá desmoronar se continuar tomando ataques assim, o campista invoca algumas agulhas de água para cegar o Autômato, mas se o robô se incomodou com as agulhas não demonstrou, afinal, ele foi feito para combate, não tem sensores de dor ou algo similar, mas mesmo assim o garoto conseguiu notar alguns arranhões aonde seu ataque acertou.


Emily:
HP: 130/140
MP: 75/130

Wrassil:
HP: 103/103
MP: 43/103


Autômato: 95%
Cão Infernal: 65%




"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#7

Emily Monteiro

avatar
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
O cão infernal estava sem visão e olfato temporariamente e essa talvez seja a melhor chance para abatê-lo sem que haja riscos maiores. Eu poderia atirar meu tridente em sua direção, mas se eu errasse, ficaria desarmada. Não era uma boa escolha.

Lembro então do presente que recebi de Gustav, um filho de Zeus, ou Júpiter como ee dizia, uma vez que ele é um semideus do acampamento romano. Saco cuidadosamente uma das esferas explosivas que ele disse que seriam consideravelmente úteis. Espero que sejam.

Ativo a bomba e jogo-a na direção do cão, contudo, não de forma direta. Eu precisava colocar a esfera para explodir a aproximadamente 2 metros do monstro, afinal, ele está cerca de 1 metro atrás do feiticeiro e eu não poderia simplesmente atingi-lo com o alcance da explosão.

Após isso, fico atenta para todas as movimentações da arena, seja com o cão caso sobreviva, ou a luta entre feiticeiro e autômato. Faço isso para analisar possibilidades de ataque e defesa, bem como para me preparar para continuar sem grandes desgastes físicos.

#8

Wrassil

avatar
Filho(a) de Hécate
Filho(a) de Hécate
Ver perfil do usuário
Sim era uma coisa difícil para mim, aliás eu não consigo fazer nada eu ainda sou um mago fraco, mas minha concedera essa noite linda, para eu triunfar sobre essa aberação e não, jamais, vou desistir como um mago, como um filho de Hécate, lutarei lado a lado com a noite e serei a escuridão que ninguém jamais viu e jamais quer ver.

Eu tinha de dar um jeito de escapar do monstro, estou em uma tremenda enrascada, e acho que agora pode piorar ainda mais, aliás seria o último golpe no muro de barro que eu criei, eu tinha um plano e tudo isso girava em como eu seria rápido. Começo a fazer a água do barro ir para a lâmina fazendo ela ficar rodeada de água.

Quando o monstro der a pancada no muro eu o desfarei e então talvez ele se desequilibre mas isso não importa, desequilibrando ou não eu faria um golpe cortante-com a espada em volvida de água- de cima para baixo para tentar acabar com um pouco de sua força, ou dar um pane no sistema dele.

Caso meu ataque de certo ou não, farei um rolamento para o lado e em segui um pulo para a diagonal mas tudo com cautela, para nada sair errado.

Passivas:
Nível 1 – Detectar Magia [Inicial]: O filho de Hécate consegue detectar auras mágicas fortes em um raio de cinquenta metros (Auras mágicas são referente a quantidade de magia envolvida no monstro ou artefato). (RECONHECIMENTO ACIMA DE 50 WIS)

Nível 2 – Regeneração de Luna I: Quando o filho de Hécate está sob a luz da Lua Nova ele regenera 15 pontos de energia por rodada e 15 pontos de vida.

Nível 2 – Aura Mágica do Aprendiz: O filho de Hécate desprende uma aura mágica* fraca. (+10 WIS)


Ativas:

Nível 1 - Forças [Inicial]: O filho de Hécate manipula um dos quatro elementos em pequenos feitos, mas ainda não é capaz de invocar. Por exemplo: uma bola de fogo do tamanho de uma bola de vôlei. Custa 20 de energia, a habilidade entrará em espera por um turno.

#9

Tânatos

avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Wrassil começa a subir água pela sua espada não me pergunte o porquê e se prepara pra desfazer o muro assim que o seu oponente atacar, ele já havia notado a batalha que estava ocorrendo atrás dele afinal estava acontecendo a apenas 1 metro atrás dele, mas ignorou já que a filha de Poseidon parecia estar dando conta do recado e mesmo porque ele estava ocupado, mas então ele ouve uma explosão ao mesmo tempo em que é empurrado para frente sentindo suas costas queimar, a esfera que Emily havia jogado tinha um alcance maior do que ela esperava acertando assim o filho de Hécate que perdendo sua concentração derrubou a sua barreira elemental, o campista voou em direção ao seu inimigo que o acertou com a espada em sua costela fazendo assim o menino cair no chão lamacento ofegando de dor.

Emily vê o que tudo o que aconteceu com certo sentimento de culpa, o cão infernal ainda vive embora tenha voado uns 3 metros para trás por causa da explosão está com dificuldade de se levantar mas ainda assim respirando, o autômato se dirige ao campista que esta caído no chão atordoado e que se encontra praticamente indefeso.


Emily:
HP: 130/140
MP: 75/130

Wrassil:
HP: 50/103
MP: 38/103


Autômato: 95%
Cão Infernal: 15%




"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#10

Re: MvP [Comum] - Emily Monteiro e Wrassil

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 3]

Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum